Câmara de Vereadores de Guaíba
Câmara Municipal de Guaíba
Estado do Rio Grande do Sul

PROPOSIÇÃO N.º 390/2019 ESPÉCIE: Requerimento

Proponente: Partido: Sessão:
Ver. Miguel Crizel e Ver. José Campeão Vargas PSL e PTB 13/08/2019

Os Vereadores que subscrevem, solicitam à Mesa Diretora, a concessão de uma Sessão Solene e entrega de placa alusiva para  homenagear os 10 anos de Operação da empresa CMPC em Guaiba. 

Justificativa

A CMPC fundada no ano de 1920 iniciou suas operações no Brasil em 2009, quando adquiriu a Unidade Guaíba da Aracruz Celulose, originando assim, a CMPC no Brasil. Sendo hoje uma das maiores da America Latina com Fabricas em 8 Paises; Brasil, Peru, Uruguai, Colombia, Mexico, Equador, Argentina alem do Chile. Tendo mais de 25 Fabricas 17.000 Colaboradores e mais de 200 Clientes.

Maior investimento da historia de Guaiba, em 2015 a CMPC fez o investimento de R$ 5 bilhões aumentou em quase quatro vezes a capacidade produtiva da fábrica, que passou de 450 mil toneladas de celulose/ano para 1,75 milhão de toneladas de celulose/ano. A obra criou 10 mil empregos diretos e 30 mil indiretos, além de gerar um programa de formação de mão-de-obra, beneficiando, aproximadamente, 9000 profissionais. A ampliação da planta Guaíba 2 favoreceu, ainda, o estímulo a fornecedores gaúchos, atingindo cerca de 180 empresas gaúchas, sem deixar de mencionar a arrecadação de impostos, em torno de R$ 102 milhões em ICMS e R$ 2,2 bilhões em compras locais.

A CMPC produz celulose branqueada a partir da fibra curta de eucalipto, comercializada globalmente para fabricantes de papéis de higiene pessoal (tissue) de alto valor agregado, tornando-se o primeiro elo de uma cadeia produtiva essencial para a qualidade de vida das pessoas.
A fábrica que opera no município de Guaíba, tem capacidade anual de 1,75 milhão toneladas de celulose, além de 60 mil toneladas de papel. A planta industrial da empresa possui geração própria de energia elétrica, através da utilização de resíduos do processo de cozimento de madeira e da queima de carvão mineral, além de reciclar em torno de 99,7% de seus resíduos sólidos industriais.



O Documento ainda não recebeu assinaturas digitais no padrão ICP-Brasil.
Assinatura do Proponente:
     
    Tramitação:
________________________________    
Assessor de Bancada    
    Aprovado na Ata n.º
Aceita pela Mesa Diretora em:   Transmitido Via Ofício nº.
     
     
________________________________   ________________________________
Secretário   Presidente
Documento publicado digitalmente por ANA PAULA FAILACE DE SOUZA BATISTA em 07/08/2019 ás 16:18:16.
Chave MD5 para verificação de integridade desta publicação 5a75d4288c5c17570a9b050d40e7e643.
A autenticidade deste poderá ser verificada em https://www.camaraguaiba.rs.gov.br/autenticidade, mediante código 71772.